Batista: " A WWE mudou o meu nome para poder ter direitos sobre ele"

 O ex-campeão da WWE e dos pesos pesados, Batista foi entrevistado na Uproxx e fez  algumas declarações interessantes sobre sua carreira de lutador.

Dave Batista, ex-campeão Heavyweight e da WWE em múltiplas ocasiões, foi entrevistado por Vince Mancini da Uproxx. Nessa entrevista, Batista promoveu seu novo filme, Bushwick, mas também analisou sua carreira como lutador profissional. Entre outras coisas, ele explicou a origem de seu nome artístico na WWE, questionou se seu movimento para a WWE o ajudou a transição para o mundo de atuar e opinou sobre o enredo que ele teve com o D-Von Dudley no início. Confira logo á baixo os principais destaques da entrevista.

Sobre seu nome na WWE.

"Eu realmente não fiz. Ok, aqui o que é engraçado sobre isso, porque quando eu subi e me chamaram de OVW, eles mudaram meu nome e eles me colocaram como 'Batista'. Não percebi que tinham mudado a ortografia. Bem, foi-me dito que o motivo era que as pessoas pudessem pronunciá-lo com mais facilidade, mas mais tarde, outro lutador me disse: "Não, é ca*****. Eles fizeram isso para que eles pudessem ser os donos do direito sobre o nome. Eles não podem ter seu nome. Eles mudaram a maneira de escrevê-lo; agora pertence a eles. E era verdade. Eu deixei a WWE sem meu nome artístico, voltei para o meu nome real e comecei de novo."

Se estar na WWE ajudou na transição para o mundo da atuação.

"Eu não sei se ele fez. Quanto ao assunto humorístico, penso que tudo vem de mim, já que gosto de filmes e comediantes e não tenho medo de me enganar. Não tenho medo de rir de mim mesmo. Eu acho que tudo isso vem disso. Sobre a luta profissional, é estranho porque é uma ótima performance física. É difícil compará-lo com a atuação nos filmes. Sim, talvez. Quero dizer, nunca pensei nisso, porque quando eu estava na WWE, a última coisa que eu queria fazer era pegar o microfone e falar, porque eu me aterrorizava".

Sobre a storyline de Deacon Batista com D-Von Dudley.

"Quando comecei, fiz esse personagem chamado Deacon Batista, então era o mesmo sobrenome. Eu estava trabalhando com aquele menino chamado D-Von Dudley. Ele estava fazendo esse personagem evangelista tele predicador que cobrava dinheiro e aguentava aquela caixa ridícula e grande. Ele era um guarda de segurança para seu cofrinho. Muito ridículo. Foi horrível."

Nenhum comentário

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript!CLIQUE AQUI E CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK