É revelado a primeira pessoa que pegou COVID-19 na staff da WWE

Se revela la primera persona que contrajo COVID-19 en el staff de WWE
Em abril, foi confirmado que a WWE teve seu primeiro caso de COVID-19 em sua staff. No dia 11, foi relatado que um funcionário contraiu o vírus, apesar de não ter uma relação direta com o restante do talento da empresa. Sean Ross Sapp relatou na época um e-mail com o nome da pessoa infectada em questão, mas não revelou seu nome.

Nas últimas horas, foi confirmado que essa pessoa era a apresentadora Kayla Braxton, que já havia comunicado nas redes sociais que contraiu o vírus em março, quando testou positivo pela segunda vez. Dizem que o conselho da WWE elogiou seu comportamento. "Ela recebeu elogios da equipe da WWE e o talento com o qual conversamos sobre sua transparência e cuidado com seus colegas de trabalho", revelou Sean Ross Sapp nas últimas horas. "Ela nomeou a WWE em um memorando, bem como as circunstâncias em que ela acreditava ter originalmente contraído o vírus. Essa seria a última vez que a WWE nomeava alguém até agora".

Após a divulgação das informações de Sean Ross Sapp, a WWE enviou a seguinte declaração à imprensa: "Acabamos de receber um aviso de que (Kayla Braxton) foi diagnosticada com COVID-19. Os médicos da WWE conversaram com ela (Kayla Braxton) esta manhã e relataram que eles tiveram contato com alguém da WWE pela última vez em 26 de março no Performance Center. Como você sabe, (Kayla Braxton) não é uma artista ativa e acreditamos que esse assunto é de baixo risco para você com base na seguinte linha do tempo : Aqueles de vocês que estavam potencialmente expostos poderiam viajar na noite de quinta-feira, 9 de abril, o mais tardar, já que a última exposição possível à equipe de talentos da WWE deveria ter sido pelo menos 14 dias antes ", concluiu a declaração com o assinatura de Triple H.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.